04/11/2008

Tipos de corrosão

Olá pessoal!

Temos em nosso dia a dia vários exemplos de corrosão como o caso dos automovéis qundo deixados ao relento, a palha de aço que enferruja, etc. Mas o que significa corrosão?

A corrosão é a inimiga natural dos metais, que reagem com o meio ambiente, formando uma camada superficial de óxido de ferro. Essa camada é extremamente porosa e permite a contínua oxidação.

Se você acha que corrosão é tudo a mesma coisa, engana-se, pois existem vários tipos de corrosão:

1. Corrosão Geral: se desenvolve em toda superfície ocasionando perda uniforme da espessura para potencializar a resistência a esse tipo de corrosão, sugere-se o aumento dos teores de Cromo, Níquel e Molibdênio, além da adição de Cobre.

2. Corrosão em Frestas: é um ataque localizado e ocorre em recessos, em cavidades, frestas e outros espaços onde se acumula um agente corrosivo. Adições de Cr, Mo e N aumentam a resistência à corrosão.

3. Corrosão Localizada / Pite / Alveolar: é caracterizada por um ataque localizado em uma área limitada, apresentando uma perfuração importante, enquanto as regiões vizinhas permanecem inatacadas. Os casos mais comuns desse tipo de corrosão ocorre em peças metálicas imersas em água do mar. Adições de Cr, Mo e N aumentam a resistência à corrosão.

4. Corrosão sob tensão Fraturante (CSTF): caracteriza-se com a associação de três fatores: tensões residuais no material, meio contendo cloretos e temperaturas acima de 60ºC. A CSTF se evidência pelo aparecimento de trincas radiais que se propagam com rapidez. No combate a essa corrosão utilizam-se materiais com alto teor de Níquel, como é o caso dos aços inoxidáveis Duplex.

5. Corrosão Intergranular / Intercristalina: é causada pela precipitação de carbonetos de Cromo nos sinais visíveis na superfície. Essa forma de corrosão representa um grande perigo, pois pode progredir consideravelmente sem ser notada. Para evitar esse tipo de corrosão é indicado o uso de ligas “L”, pois apresentam extra-baixos teores de C abaixo de 0,035% ou ainda a utilização de materiais estabilizados ao Titânio, Nióbio ou Tantálio.

6. Corrosão Galvânica: ocorre quando há o encontro de dois metais que apresentam diferentes potenciais elétricos. Esses contatos de diferentes metais deve ser evitado.

7. Corrosão Erosão: ocorre quando o metal é submetido a um meio corrosivo e um processo de desgaste mecânico. Nesse caso, a película passiva se encontra continuamente sob efeito corrosivo e abrasivo simultaneamente. Os aços inoxidáveis Duplex são resistentes a esse tipo de corrosão.

Referências bibliográficas:

http://www.elinox.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=29&Itemid=78

Seguidores

Quem sou eu

Atualmente sou acadêmica do curso de Química Licenciatura da FURG.